Top
Going Above & Beyond for Our Clients VAWA

O QUE É VAWA?

A Lei de Violência Contra a Mulher (VAWA) é um marco legislativo que protege as vítimas de violência doméstica. Apesar do nome, VAWA não é exclusivo para mulheres. Na verdade, a legislação cobre todas as vítimas de violência doméstica, incluindo todos os gêneros e raças. VAWA protege os imigrantes que vivem nos EUA com um cidadão americano ou residente permanente legal abusivo e aqueles cuja entrada nos EUA depende da assistência desse indivíduo abusivo.

O Escritório de Advocacia Maghzi acredita que os imigrantes que buscam cidadania nos EUA merecem ter uma representação legal de qualidade em todas as etapas do processo. Nossa advogada chefe Ameneh Maghzi, é uma imigrante e advogada que entende as dificuldades que você poderá enfrentar ao entrar nos Estados Unidos. É por isso que oferecemos uma ampla variedade de serviços de imigração para atender às necessidades exclusivas dos nossos clientes.


Quando você precisar de uma equipe profissional, experiente e multilíngue, não hesite em ligar para o escritório de advocacia Maghzi no telefone (843) 800-2750. Oferecemos serviços em Espanhol, Português e Farsi.


Quem é elegível para a VAWA?

A Lei da Violência Contra a Mulher foi introduzida em 1994 e foi o primeiro projeto de lei federal desse tipo a reconhecer a agressão sexual e a violência doméstica como crimes. Combinando o poder dos governos federal e estadual, esta lei usa recursos nacionais para encorajar uma resposta popular à violência doméstica em comunidades nos Estados Unidos.

VAWA está aberto para reautorização a cada cinco anos. A razão pela qual este projeto de lei tem uma vida útil de cinco anos antes da re autorização é para dar aos legisladores a chance de construir sobre uma base existente e incluir mais pessoas que precisam de proteção. Por exemplo, a autorização assinada em 2013 expandiu a proteção para incluir os imigrantes, dando às vítimas de abuso o direito de peticionar para o status legal nos EUA.

A Lei da Violência Contra a Mulher se aplica aos cônjuges e filhos de residentes permanentes legais ou cidadãos dos EUA que sejam abusivos. Para qualificar-se para o VAWA, a vítima deverá provar que o casamento foi de boa fé. Os aplicantes não podem ter antecedentes criminais. De acordo com a lei, aplicantes poderão sair de situações abusivas sem o medo de comprometer seu status nos EUA.

Elegibilidade para a Lei da Violência Contra a Mulher

Os aplicantes deverão atender a certas condições para serem elegíveis para VAWA status. Os requerentes devem estar isentos de restrições paraajustar a sua situação, o que significa que as vítimas podem buscar segurança em uma situação de abuso sem se preocupar que isso possa prejudicar sua condição de imigrante nos Estados Unidos.

Você é elegível para VAWA se tiver sofrido abuso de:

  • Cônjuge de cidadão americano
  • Pai ou mãe de um cidadão americano
  • Filho ou filha de um cidadão americano
  • Pai ou mãe de residente permanente legal
  • cônjuge ou ex-cônjuge de residente permanente legal

VAWA vs. Ajuste de status

Uma aplicação VAWA e ajuste de status são processos diferentes. Para receber o green card como auto-peticionário, o USCIS precisa já ter aprovado sua petição ou ter uma aplicação pendente

Os requisitos básicos para ajuste de status incluem:

  • Você preencheu corretamente o Formulário I-485, Pedido de Registro de Residência Permanente ou Ajuste de Status.
  • Você está fisicamente presente nos EUA no momento da aplicação
  • Você está elegível para receber um visto de imigrante.
  • Nenhuma das restrições à mudança de status se aplica a você.
  • Você é admissível.

Peticionar sob a VAWA e aplicar para ajustar o status é um processo complicado. Existem diferentes estágios de aprovação a serem seguidos e, dependendo da gravidade da sua situação, você poderá precisar de uma segurança mais rápida.

É por isso que você deverá consultar uma advogada qualificada para ajudá-lo a navegar no seu processo de imigração e na sua aplicação VAWA.

Orientação em todos os estágios do seu caso

O processo de imigração é incrivelmente complicado, e aqueles que precisam desesperadamente de proteção contra abusos devem tomar medidas extras para seguir em frente. O escritório de advocacia Maghzi ajuda os clientes em Charleston a ajustar o status, buscar asilo e solicitar vistos. A advogada Maghzi é uma imigrante apaixonada em ajudar outras pessoas a perseguir seus sonhos americanos, oferecendo orientação respaldada no direito internacional e anos de experiência em imigração.


Entre em contato com a nossa advogada VAWA localizada em Charleston para obter uma orientação jurídica compassiva e experiente. Ligue para hoje mesmo. Falamos inglês, espanhol, português e farsi.


 

Hear from Our Clients Testimonials

"They are very professional, and they are always on the lookout for everything related to your case. I highly recommend this firm, because they help me a lot in my language, and they do everything possible to help with any questions one may have."

- Erita Agustin

Put Our Passion & Experience to Work
SCHEDULE A CONSULTATION

  • Please enter your first name.
  • Please enter your last name.
  • Please enter your phone number.
    This isn't a valid phone number.
  • Please enter your email address.
    This isn't a valid email address.
  • Please make a selection.
  • Please enter a message.
  • Can I Get a Green Card During Removal Proceedings?
    • Citizenship,  
    • Green Card,  
    • Immigration
    Read Blog
    A cropped shot of immigrant holding U.S. permanent resident green card.
  • How to Help Your Brother or Sister Get a Green Card
    • Citizenship,  
    • Green Card,  
    • Immigration
    Read Blog
  • How I Can Be Eligible for an R-1 Nonimmigrant Religious Workers Visa?
    Read Blog
  • Can The Spouse of a U.S. Citizen Still Get a Green Card If They Entered Illegally?
    Read Blog
  • The Dignity Act as a Rebuttal to the Build Back Better Act
    • Immigration ,  
    • In the News
    Read Blog
  • What the USCIS Work Permit Backlog Could Mean for Immigrants
    • Citizenship,  
    • Immigration
    Read Blog